terça-feira, 20 de março de 2012

HISTÓRIA DE MANDURI


Hoje a nossa homenagem é para esse grande personagem da HISTÓRIA DE MANDURI, V. Ex.ª ZOROASTRO ALVES, prefeito de Manduri de 1956/1959. Sr Zoroastro, na sua gestão trouxe para Manduri o então Colégio Estadual de Manduri, professor(1º professor do Colégio Miguel Marvulo), hoje a Escola do Parque das Abelhas leva seu nome, poeta, farmacêutico, lavrador, contador de História (eu mesmo quando adolescente ia até sua casa lá no sitio para ouvir suas histórias) dedicou grande parte da sua vida a Manduri. O grande homem Zoroastro Alves faz parte da HISTÓRIA DE MANDURI.

3 comentários:

  1. de luiz de jesus vanitelli(ze vanitelli)
    se existiu uma pessoa em manduri a quem me curvo, essa pessoa se chama senhor zoroastro alves.
    me lembro muito bem de seus discursos, sempre citando victor hugo, escritor frances, com sua calma e sabedoria, onde eu sempre conversava com ele e eu recebia muitos conhecimentos.
    ele não vangloriava de seus conhecimentos, como alguns falsos intelectos, sempre com seu terninho na maioria das vezes azul marinho.
    quando li sobre socrates, onde este dizia que conhecimento não se vende, sempre me recordo de seu zoro.
    'TUDO QUE SEI, SO SEI QUE NADA SEI...'
    recordando um outro filosofo, este romano, de ha mais de 2000 anos, CICERO, no seu livro 'saber envelhecer', onde dizia...
    'OS VELHOS PODEM TER UMA VIDA ATIVA, PODEM SE DEDICAR A PATRIA COM SUA AUTORIDADE e SABEDORIA, OU PODEM SE DEDICAR AO ESTUDO DAS LETRAS E DAS ARTES, OU PODEM SE DEDICAR AO CULTIVO DAS TERRAS.'.
    seu zoro passou por todas essas fazes, onde no final da vida, morava no sitio de seu filho, e se dedicou a terra.
    meu pai era muito amigo de seu zoro, e conversava muito com ele, onde seu zoro sempre perguntava de mim e meu irmão, onde enaltecia nos dois nos estudos. essa pessoa meu pai respeitava muito, e olhe que meu pai era um comunista convicto.
    sei que seu zoro ficaria feliz em saber que a historia de meu pai esta retratada no site do comite de veteranos de guerra de moscou, e e lido por toda moscou.
    nome de meu pai, Teodoro Vanitelli, onde teodoro em grego quer dizer, presente de Deus, e em russo seu nome seria Fiodor.
    Meu pai sempre dizia a nos, 'não se esquecam da terra e da patria, pois a terra nos da energia para vivermos e a patria e a alma desta energia.'
    sei que seu zoro pensava da mesma maneira....
    GLORIA ETERNA AOS DOIS.....
    E GLORIA ETERNA A UM OUTRO, que não vou dizer o nome, e que e minha suprema admiração.
    desculpem, quando falo e escrevo de seu zoro, perco a noção do tempo, pois esta e uma figura sem tempo e nem espaço.
    grato......

    ResponderExcluir
  2. Rosa Maria Alves de Oliveira18 de maio de 2012 21:59

    Estou aqui para agradecer a homenagem postada e prestada ao querido Zoroastro Alves.Devo ser uma desconhecida para voce,mas vou me identificar,sou filha do Zomar,filho mais velho do Sr.Zoroastro,portanto,sou uma de suas netas.É muito gratificante e chego a me emocionar,como as pessoas se recordam da figura do vô Zoro,assim carinhosamente o chamávamos.Ele tinha o dom da palavra e da escrita também,pois ia de um discurso político à uma poesia sem o menor problema.Sem dúvida nenhuma,ele foi uma pessoa amabilíssima e cativante,sabia ouvir e se fazer ouvir,prova disso foram os encontros e conversas que teve com pessoas ainda jovens e que até hoje se recordam e postam em blog.Deixo aqui o meu agradecimento em nome de toda a Família Zoroastro Alves.Obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Como aluno do Colégio Miguel Marvullo em 1965 a 1969 , ouvi muitas oratórias do Grande Zoroastro Alves, homem culto e trabalhou muito em prol de Manduri.

    ResponderExcluir

Web Analytics